Campanha

18 de maio: Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

COMPARTILHAR

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on telegram
Share on twitter
Share on linkedin
A campanha “Faça Bonito: Proteja nossas Crianças e Adolescentes”, foi criada em referência ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, promovido em 18 de maio.
A data é alusiva ao crime ocorrido em 18 de maio de 1973, conhecido como Caso Araceli, na cidade de Vitória (ES). A menina Araceli Cabrera Sánchez Crespo, de oito anos, foi sequestrada, drogada, espancada, estuprada e morta por membros de tradicionais e influentes famílias do Espírito Santo. A partir de 2000, por meio da Lei Nº 9.970, o 18 de maio foi instituído como o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.
O material alusivo à data, traz também o conteúdo educativo que, antes era realizado nos semáforos, ruas e instituições parceiras e foi realizado pela Secretaria Municipal de Assistência Social e Cidadania (SEMASC), e colocado nas unidades do Centro de Referência Especializado em Assistência Social (CREAS), nos Centros de Referência em Assistência Social (CRAS), no Centro de Acolhimento Dr. Daisaku Ikeda para crianças e adolescentes e no Conselho Tutelar.
“Essa data é bastante simbólica para a gente que trabalha com esses tipos de casos no dia-dia. Incluímos o semáforo nesse material para termos um conteúdo que vai poder ser aproveitado não só agora, mas durante todo ano, para realizarmos atendimentos e alertas de prevenção”, explica a coordenadora do CREAS, Erieth Martins Vasque.
Pode ser uma imagem de 2 pessoas, pessoas em pé, balão e texto que diz "PREFEITURA DE TEEE GOVERNO DO POVO Ơ prefeituratefe"
Nesta terça-feira (18), em uma parceria do CREAS, CRAS I e II, Unidades Básicas de Saúde (UBS), Procuradoria do Município, SEMEEC, SEDUC, SEMASC, SEMCOM, SEMUC, SEMSA, Instituições privadas e públicas, Universidades, Escolas, Polícia Civil, Polícia Militar, e Conselho Tutelar, foram desenvolvidas rodas de conversa para divulgar e fortalecer o combate a este tipo de violência nas emissoras de rádios da cidade e também nas redes sociais. O trabalho com as famílias é realizado pela equipe específica e exclusiva de atendimento a crianças e adolescentes, com psicólogos e assistentes sociais.
No ano de 2020, o CREAS atendeu 16 crianças e adolescentes vítimas de abuso sexual. Neste ano, de janeiro á maio já foram 33 atendimentos. Para denunciar esses casos existe o Disque 100, além do Conselho Tutelar, Ministério Público e Delegacias de Polícia.
A secretária de Assistência Social, Kelly Barbosa, destacou o trabalho desenvolvido pela rede de proteção social do município. “Esse tema do abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes é uma preocupação recorrente de toda nossa comunidade, o que demanda de um olhar atento e o trabalho efetivo das nossas equipes. Essa data é muito importante para alertar e conscientizar toda a sociedade”, destaca.
Prefeitura de Tefé – Governo do Povo
Fotos: Will Amaral
...