Como Podemos Te Ajudar?

Cinema e Identidade

Realizado na cidade de Tefé, no interior do Amazonas, o projeto Cinema e Identidade trata-se de uma oficina de cinema destinado a jovens e adolescentes de diversas classes sociais e faixa etárias. Nessa oficina os jovens aprendem sobre linguagem audiovisual e técnicas para realizar documentários e/ou ficção que tenham como elemento o homem amazonense e tudo que envolve seu ambiente. No final do curso, todos os trabalhos realizados são projetados na cidade e região, e mandado à Festival de Cinema em todo Brasil e exterior.

É importante ressaltar que o cinema é um instrumento de expressão e comunicação que rodeia diferentes formas de nossa vida cotidiana e principalmente dos jovens e adolescentes. Ele representa verdades, fragmenta, descontextualiza, oculta e estereotipa, por isso é imprescindível ter uma visão aguda, educada para enfrentar a estimulação das diferentes formas de sons e imagens que nos rodeia.

Entre os enredos abordados, está justamente na identificação do personagem amazônico (caboclo/tefeense) e sua cultura através de uma analise de sua imagem, elaborado a partir do estudo de como o caráter desse personagem se constrói e se difunde através dos meios audiovisuais.

Cremos que na atualidade a alfabetização não deve deixar de lado o ensino das linguagens artísticas, já que possuem dimensões retóricas, temáticas, enunciativas capazes de manipular a visão, os conteúdos e os receptores.

Tendo como referência a importância que o cinema representa na vida de jovens e adolescente da cidade de Tefé e a forma como recebem uma imagem que é elaborada e difundida por realizadores estrangeiros que são os que têm chegado de forma massiva ao público em geral, a forma como consumem tais imagens e o impacto que produz em suas vidas; sendo que na maioria das vezes, são imagens construídas e elaboradas segundo o ponto de vista desses realizadores, criando dessa forma estereótipos e imagens totalmente distante da realidade desse jovens, sendo assim, a Associação Cinematográfica Fogo Consumidor deste 2011 vem desenvolvendo projetos artísticos/culturais objetivando desconstruir esses estereótipos criados pelos meios de comunicação massivo, abrindo oportunidade para que o caboclo amazonense(tefeense) possa ser o realizador, produtor e protagonista de sua própria obra, gerando vozes e fortalecendo a cultura local.

Por outra parte este projeto reconhece o cinema como ferramenta de transformação e emancipação social. Esse é um dos pontos fundamentais desse projeto, usar o cinema como um instrumento de reconstrução de identidade e como ferramenta capaz de romper a predestinação dos jovens principalmente nas cidades e comunidade interiorana, sendo assim essa valorização do audiovisual como ferramenta social, viria acompanhada com o reconhecimento do jovem tefeense como artista produtor cultural, responsável por esse tecido de empoderamento social concernente a mudança ocorrida nos setores vulneráveis.

Esse projeto também é uma maneira barata de alcançar um público que normalmente não tem acesso ao cinema, além de levar cultura e divulgar o artistas produtor local nas comunidades e bairros, inclusive para outros lugares mais populares.

Entre os principais objetivos do projeto Cinema e Identidade estão :

  • Compreender criticamente a linguagem artística e adquirir ferramentas para poder reflexionar sobre a mesma;
  • Resignificar a Identidade Cultural regional através do cinema;
  • Favorecer a construção de uma visão crítica através do audiovisual;
  • Construir um produto audiovisual que tenha relação com a realidade de cada participante;
  • Fortalecer e estimular a cultura local;
  • Oportunizar aos artistas a desenvolverem as suas habilidades ocultas;
  • Reconhecer o cinema regional como registro histórico e como produto cultural;
  • Oportunizar e emancipar o artista local;
  • Incluir jovens e adolescentes em estado de vulnerabilidade;
  • Reconhecer o cinema como uma ferramenta de transformação social.

MEDIDAS DE ACESSIBILIDADE

O projeto está destinado a jovens e adolescentes a partir de 14 anos, os curso nas oficinas estarão abertos para todos dentro dessas modalidades, para isso pensamos em métodos em caso de que todos os que desejarem fazer parte do curso possam ter acesso:

  • Rampa na entrada principal da oficina para pessoas com deficiência física;
  • Textos bibliográficos de fácil compreensão;
  • Monitores capacitados para educação especial;
  • Material bibliográfico audiovisual para os que não tenham um bom nível de leitura e dessa forma incentiva-los a tomar gosto pela leitura;

MEDIDAS DE DEMOCRATIZAÇÃO DE ACESSO

  • As oficinas estarão localizadas em diferentes bairros, onde todos os estudantes, tanto da cidade como do interior tenham facilidade de acesso;
  • As inscrições estarão limitadas pelo espaço físico. As inscrições estarão abertas para todos os que queiram participar, jovens e adolescentes a partir de 14 anos e a seleção será feita através de uma inscrição previa com um questionário, entrevista e admissão onde se valorizará a vocação e a capacidade de trabalho em grupo.
  • No caso dos analfabetos e outras pessoas que não possam cumprir tais requisitos, será avaliado seu desejo de fazer parte dessa oficina e dessa forma incentivar-los a educação.
Clique aqui para acompanhar todas as notícias do projeto Cinema e Identidade

2017-2019© Prefeitura Municipal de Tefé - Um novo momento para nossa cidade.